PARFOIS – Curiosidades de uma gigante muito discreta

Quem me conhece, sabe que tenho um “Guilty pleasure” de analisar empresas, embora o tenha sempre feito de um forma silenciosa, até aqui.
Aproveitando este quase meu “Fetish” e o meu blog, decidi começar a partilhar o que pesquiso sobre as empresas que admiro. E a primeira que escolho é a Parfois!

Todos temos ideia que a Parfois é grande e está em todo o lado, eventualmente que é uma empresa Francesa, contudo será que temos a ideia que é tão grande quanto é na realidade?

Trata-se de uma empresa nacional de venda de bijuteria, acessórios de moda, roupa e calçado, sediada no Porto.
Mas tudo começou em 1994 pela vontade da sua fundadora e única accionista, MARIA MANUELA DE MEDEIROS PEREIRA SOARES  (Manuela Medeiros), na altura com 42 Anos de idade (Ver artigo: Nunca é tarde de mais para começar), uma mulher do norte, com garra, com visão e audácia quando se trata de arriscar, contudo estou certo que  não imaginava o quão grande se iria tornar a Parfois e passados 25 anos que a iria tornar uma das pessoas mais ricas de Portugal, tendo recentemente entrado para o Top20 em 2019.

Atualmente tem ao seu lado as suas filhas Mariana e Barbara na Holding Barhold S.A. detida pela Luxamburguesa Fashold SA, e recentemente chegou a ter o antigo ministro da economia Pires de Lima responsável pela internacionalização da marca, mas a sua ultima contratação de peso foi a contratação Ex-CEO da multinacional Grupo TOUS.

Por forma a compreendermos o tamanho e crescimento da Parfois, partilho alguns números de 2007 e há 12 anos era assim:

  • 34 lojas próprias em Portugal
  • 11 no estrangeiro
  • 76 lojas nacionais em regime de franchising
  • 28 internacionais sob o mesmo regime
  • 25 milhões de euros de facturação
  • 100 trabalhadores na sede, em Portugal
  • 140 nas lojas nacionais
  • 40 funcionários no estrangeiro
  • A Parfois encontrava-se em Espanha, França, Itália, EUA, Chipre, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Arábia Saudita

 

Agora passados 12 Anos o crescimento é tão grande que compreenderão a minha admiração para com a Parfois:

  • 939 Lojas no fim de 2018 e chegará às 1000 em 2019
  • 805 são fora de Portugal
  • 100 lojas novas por ano, ou seja, “apenas” 2 por semana!!
  • 318 em Espanha
  • 70 países em que está presente
  • 290 Milhões de euros de faturação, sendo 82% fora de Portugal e com um crescimento de 25% nos últimos 6 anos
  • 3121 Funcionários diretos sem contar com os dos franshisados, sendo 80% mulheres
  • 30 Milhões de euros de investimento em 2019 para crescer mais ainda
  • 40 designers é a equipa da Parfois e conta com 3.500 peças desenhadas
  • 834K de seguidores no Instagram
  • 2012 Abriu loja online

 

Para mim o único “erro” estratégico é a Parfois querer entrar no mercado da roupa e calçado, num segmento altamente competitivo e ocupado por marcas como a ZARA, H&M e Primark o que se torna uma luta sem hipóteses, bem como necessita de lojas maiores e uma maior velocidade de rotação de artigos e de constante necessidade de novidades, enquanto no mercado tradicional da Parfois, ou seja, bijuteria e acessórios de moda, essa necessidade não é tão grande nem tem concorrentes maiores e mais fortes que a Parfois nos mercados em que opera.

Manuela Medeiros, agora com 65 e ainda há frente do grupo, é uma mulher discreta e assume a liderança no “banco de trás”, pois são poucos os eventos ou ocasiões que representou a marca.
Uma mulher com M (grande), com o esforço acrescido de ter sido mãe de duas crianças na altura de lançamento da marca, tornou-se um exemplo impar em Portugal e uma das maiores empresas exportadoras no nosso país.
Em Portugal e Espanha é quase impossível encontrar uma mulher dos 15 aos 55 anos que não tenha pelo menos uma peça da Parfois.

O meu profundo respeito e admiração para com esta marca e sua fundadora!

Tags: